TRADICIONAL MISSA DA AURORA ENCANTA FIES E DEVOTOS NO DIA DEDICADO A MARIA

Pontualmente, às quatro da manhã, teve início a tradicional Missa da Aurora, que reuniu milhares de fieis entorno da Igreja do Morro da Conceição, no dia dedicado a mãe de Jesus.

Um dos momentos altos da Missa foi o canto Barra do Dia, que é rezado por Severina Paiva de Santana, conhecida popularmente como Dona Sevi, que há mais de trinta anos encanta a todos com a ladainha da vinda de Jesus com a chegada da aurora do dia que chega.

A celebração foi presidida pelo pároco do Morro da Conceição, Padre José Roberto França, que fez referência à abertura do Ano Santo, que teve início hoje e segue até o próximo dia 29 de novembro de 2016.

Outro fato trazido na homilia fez menção ao centenário de morte de Dom Luiz, então bispo do Recife no ano de 1904 e que mandou confeccionar a imagem da Santa do Morro da Conceição, nas comemorações dos cinquenta anos do Dogma da Imaculada Conceição.

Três celebrações serão realizadas até o fim do dia: 06h, 08h e 10h. A Missa Solene de encerramento será realizada logo após a procissão, que sairá às 15h do Forte do Brum, em direção ao Morro da Conceição.

TEMA DA FESTA 2015 É RELEMBRADO NA SEGUNDA MISSA DO DIA DA IMACULADA CONCEIÇÃO

E a segunda missa celebrada nesta terça-feira, 08, foi presidida pelo pároco da Igreja Nossa Senhora das graças, no Recife. O religioso fala da felicidade da escolha do tema da Festa do Morro 2015.

“Deus é a verdadeira misericórdia e Maria é esse reflexo, através do seu filho, Jesus.” Disse o celebrante, e acrescentou ao dizer que “Nossa Senhora não ficou livre do sofrimento humano, porém Maria carrega a bem aventurança de ser escolhida por Deus para ser esse canal de Graça.”

Ainda hoje, na Missa de Encerramento da Festa do Morro 2015, prevista para ter início às 18h, acontece a leitura do decreto que irá elevar a Paróquia do Morro a condição de Santuário Arquidiocesano. A Igreja do Morro receberá o título que já foi dado pelos devotos e fies da Imaculada conceição do Morro.

ROMARIAS CHEGAM AO MORRO DA CONCEIÇÃO NO DIA DE NOSSA SENHORA

O dia 08 de dezembro, além de ser o dia dedicado a Nossa Senhora da Conceição, marca uma tradição na maior festa religiosa de Pernambuco: as romarias que chegam ao Morro da Conceição vinda de diversas partes da cidade.

Dentre estas caravanas, encontramos a Associação Católica Porta Fidei, que quer dizer ‘porta da Fé’.  Cerca de 100 pessoas saíram da Praça de Casa Forte, às 22h30, rumo ao Morro da Conceição. Após uma hora e meia de caminhada ao som de cantos e  reza do terço, o grupo adentrou a Igreja do Morro para rezar o ofício da Imaculada Conceição.

A Associação realiza pela segunda vez esta caminhada de fé. Juntos há três anos, o grupo realiza evangelização junto à Paróquia de Casa Forte e conta com a orientação espiritual do padre Paulo Sergio.

Um outro grupo com 70  romeiros partiu do Bairro do Bonji, no Recife. O Grupo de Oração Sementes do Amanhã, que juntos aos padres Fábio José e Laércio Barbosa, religiosos da localidade, chegaram aos pés da Santa do Morro após duas horas de caminhada.

Vindos em caravana, pequenos ou grandes grupos, devotos de Nossa Senhora da Conceição chegam de várias localidades do Estado, para reverenciar a imagem da Imaculada Conceição.

RELATOS DA VIDA DE NOSSA SENHORA FORAM ABORDADOS NA PRIMEIRA HOMILIA DO DIA DEDICADO A NOSSA SENHORA.

E chegou o grande dia dedicado a Nossa senhora sob o título da Imaculada Conceição.  Centenas de pessoas acompanharam a primeira missa, que teve início pontualmente as zero hora desta terça-feira (08).
 
A celebração foi presidida pelo padre Adriano das Chagas, pároco da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, de Boa Viagem. Padre Fábio Paz, pároco da Igreja Nossa Senhora Aparecida, também participou da celebração e foi quem realizou a primeira homilia do dia.

Passagens bíblicas que falam sobre a pessoa de Maria; a importância de Nossa Senhora na história da igreja foi trazida pelo pároco do Janga, que finalizou entoando a música Senhora e Rainha, do padre Zezinho, que foi acompanhado pelos de fieis presentes na missa campal.

As missas seguirão a cada duas horas: 02h, 04h, 06h, 08h e 10h. A missa de encerramento das festividades irá ocorrer logo após a chegada da procissão de encerramento, com previsão às 18h de hoje.

HOJE É DIA DE RENDER GRAÇAS A MARIA

A movimentação no Morro da Conceição, na manhã do último domingo (06), foi uma prévia do que será o auge da festa, hoje, terça-feira, dia 08, quando as missas vão acontecer a cada duas horas, a partir da 0h, seguindo até 10h. 

Todas essas missas acontecerão na Praça da Conceição, onde tem um palco montado para atender a demanda de fieis que vão assistir as celebrações a 0h, 2h, 4h, que é conhecida como Missa da Aurora, 6h, 8h e 10h.

Ainda no Morro da Conceição, das 12h às 16h haverá momento de adoração com a Comunidade Católica Obra de Maria. Às 16h será o lançamento do cd Divino Amor, produzido pela Congregação Filhas de Nossa Senhora do Divino Amor, que foi uma das instituições homenageadas da 111ª Festa do Morro. 

Enquanto isso, a procissão de encerramento está marcada para concentrar uma multidão no Forte do Brum, ao lado da Prefeitura do Recife, a partir das 14h. A saída será às 15h. A recomendação é que o fiel use roupa confortável e uma leve uma garrafa de água para aguentar a caminhada de 7 km, que sai do Forte do Brum, segue pela Ponte do Limoeiro e segue pela Avenida Norte Miguel Arraes de Alencar até o Morro da Conceição.

A missa solene será presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, às 18h. Na celebração haverá a solenidade de elevação da paróquia a santuário.

Outra novidade esse ano é que haverá programação cultural após a solene celebração eucarística de encerramento do novenário de Nossa Senhora da Conceição. Os shows serão com Padre João Carlos e com Frei Damião Silva e Banda.

Nossa Senhora da Conceição aguarda todos de braços abertos, como toda mãe que acolhe o filho.

NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO A LUZ QUE ILUMINA O MORRO

Referência para milhares de fiéis à imagem da Nossa Senhora da Conceição acolhe a todos com seu olhar de mãe. Misericórdia foi um dos temas abordados pelo presidente da celebração nesta noite que antecede o grande dia dedicado a Imaculada Conceição. Dom Genival, Bispo Emérito da Diocese de Palmares, agraciou a todos os fiéis que subiram a ladeira sagrada do Morro da Conceição com uma linda homilia na missa que foi campal. 

“Jesus nos pede para sermos solidários diante das pessoas que sofrem, independente da situação que estejamos passando não podemos perder o sentido da vida” declarou Dom Genival durante a celebração, essas palavras emocionaram muitas das pessoas que subiram o Morro para render graças a Nossa Senhora da Conceição. Como a dona de casa Maria José, que mantém a tradição de ir ao Morro há 30 anos na noite do dia 07 de dezembro, “Quando chego ao Morro meu coração fica preenchido de muito amor, Nossa Senhora sempre intercede a Deus por mim e pelos meus” declarou emocionada a dona de casa.

Música, dança e apresentação teatral foi a máxima da programação cultural desta noite, que ficou a cargo do Tributo à Maria, um show especial montado por vários grupos católicos para prestar essa homenagem a Imaculada Conceição.

GRANDE MOVIMENTAÇÃO DE FIES NO FIM DE SEMANA QUE ANTECEDE O DIA DA IMACULADA CONCEIÇÃO


Devotos de Nossa Senhora da Conceição marcaram presença no último domingo que antecede o dia 08 de dezembro, data que celebra Nossa Senhora sob o título da Imaculada Conceição.
 
De acordo com a Polícia militar, apenas nesta manhã, dia 06, 150 mil pessoas subiram o Morro da Conceição para participarem dos festejos em honra a Santa do Morro. 
 
Dentre estes devotos, está à doméstica Carmem Lúcia, que fez promessa para conseguir um emprego. “vir aqui no Morro na festa da nossa mãe do céu é uma benção pra mim’’, fala a jovem senhora. A programação cultural de hoje será a Comunidade Católica Obra de Maria.

De acordo com Policia Militar do Estado, mais de 450 mil fieis participaram das festividades em honra a Nossa Senhora da Conceição. A Festa do Morro 2015 tem como tema "Maria, Reflexo da Divina Misericórdia" e segue até a próxima terça-feira (08)

FÉ E ESPERANÇA NA SÉTIMA NOITE DO NOVENÁRIO DA IMACULDA CONCEIÇÃO DO MORRO

Este é o segundo domingo da Festa do Morro 2015 e também o segundo do advento, período em que a Igreja Católica se prepara para as festividades do Natal. Este tema foi abordado na homilia da missa do novenário que foi celebrada pelo Padre Paulo Sérgio Monteiro, da Paróquia do Alto de Santa Isabel, no Recife.
 
Segundo o sacerdote, “o tempo do advento é o tempo de conversão. É o clima de esperança da vinda de Deus, através do filho Dele, Jesus Cristo’’. O religioso acrescentou que, “este período é um convite para deixar o orgulho de lado e se revestir do manto sagrado de Nossa Senhora da Conceição, que é o manto da justiça, da tolerância, do perdão, da misericórdia e da fé”.

E foi na busca dessa fé em Nossa Senhora da Conceição que a dona de casa, Neide Siqueira, veio aos pés da imagem da Santa pedir a cura da leucemia da neta, uma jovem de 20 anos. 

Diagnosticada com a doença em março deste ano, a avô espera que o resultado do exame, previsto para sair no próximo dia 21, seja satisfatório. “Tenho fé que Nossa Senhora vai nos dizer que o resultado desse exame será negativo e que minha neta está curada dessa doença tão triste. Espero que ela não precise mais fazer quimioterapia. Tenho certeza que ela está curada." Disse a avô.

Milhares de pedidos e súplicas, assim como agradecimentos e ações de graças movimentam a maior festa religiosa do Estado de Pernambuco. E assim seguirá até o ápice da Festa do Morro marcado para a próxima terça-feira, oito de dezembro, dia dedicado a Imaculada Conceição de Maria.

AUTORIDADES PARTICIPAM DE MISSA EM DIA CONCORRIDO NO MORRO DA CONCEIÇÃO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO E PREFEITO DO RECIFE ACOMPANHARAM A MISSA NA MANHÃ DO SÉTIMO DIA DO NOVENÁRIO

Parecia o dia 08 de dezembro, quando se comemora a Virgem Santíssima Nossa Senhora da Conceição. A igreja do Morro não foi suficiente para comportar a quantidade de fieis que prestigiou as duas primeiras missas do domingo (06), às 7h e às 9h. 

Apenas na manhã do sétimo dia do novenário, a Polícia Militar de Pernambuco contabilizou a vinda de 150 mil pessoas, que decidiram subir o Morro da Conceição para render graças a Maria.

Entre essas pessoas estavam o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, acompanhado da primeira-dama do estado, Ana Luiza Câmara, além de Geraldo Julio, prefeito da Cidade do Recife e a primeira-dama da capital pernambucana, Cristina Melo. A comitiva das duas autoridades juntou nomes expressivos da política, como Sileno Guedes, Vicente André Gomes, Gustavo Negromonte, Isaltino Nascimento e Eurico Miranda.

Nesta segunda-feira (07), véspera do Dia de Nossa Senhora da Conceição, as missas seguem às 7h, 9h, 11h, 14h, 16h e a Missa do Novenário, às 19h, que será celebrada pelo Bispo Emérito da Diocese de Palmares, Dom Genival. A atração cultural será Tributo à Maria, às 20h30.



UM VERDADEIRO MAR DE HOMENS ORANTES SOBEM O MORRO DA CONCEIÇÃO PARA RENDER GRAÇAS A MARIA

A décima primeira edição da procissão do terço dos homens tomou conta da ladeira sagrada do Morro e seguiu em direção à Igreja  de Nossa Senhora da Conceição na noite deste sábado, 05. 

Um cortejo formado por centenas de pessoas saiu da Igreja da Harmonia, em Casa Amarela, ao som de muito louvor e oração. A procissão já se tornou tradição na programação da Festa do Morro.  

Grupos  do Terço dos Homens de várias Paróquias marcaram presença e se orgulham por fazerem  parte da festa, como o Antônio da Silva, que falou da importância de Maria em sua vida, “Nossa Senhora é um exemplo para todo cristão, os ensinamentos Dela devem ser seguidos e praticados por todos”.
A celebração foi presidida por Frei Joaquim Luz, do Convento de Nossa Senhora do Carmo, e concelebrada por Padre José Roberto França, pároco da Igreja do Morro da Conceição. Durante a missa, o frei exaltou a figura de Maria para a igreja católica, “ela apresentou ao mundo aquele que é a plenitude da misericórdia, através dos braços de Maria somos encaminhados até seu filho Jesus”.

A sétima noite de festa foi encerrada em grande estilo. O show da cantora Viviane Arruda movimentou todos os fiéis que aguardavam a apresentação na área externa da paróquia do Morro da Conceição. 

Todos que ali estavam ficaram emocionados com a canção de abertura da apresentação, a Hora do Angelus, que tradicionalmente é cantada às seis horas da manhã, meio dia e seis horas da noite. “Estou muito emocionada em cantar neste palco mais uma vez, Deus nos dá a graça de sermos instrumentos Dele e exaltar a Maria deixa meu coração preenchido de muita felicidade.” A cantora declarou ainda que Maria é exemplo de mulher que todos devemos seguir.


JORGE, O LAVRADOR DO MORRO DA CONCEIÇÃO

Por Ana Paula Figueirêdo

O nome Jorge tem origem grega e significa 'aquele que trabalha na terra'. 

48 anos de idade, oficial da Polícia Militar de Pernambuco, o tenente-coronel Jorge Araújo trabalha como um verdadeiro lavrador na Festa do Morro da Conceição.

"Nasci numa família pobre, morei no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife. Sou devoto de Nossa Senhora da Conceição há 38 anos, quando fiz promessa para passar de ano na escola", relembra.

O homem que pescou siri, catou sururu, vendeu vidro e passou dificuldade em alguns momentos da vida, chegou a alta patente através do estudo. "Tenho formação em educação física. Minha mãe, que Deus a tenha, era atendente de enfermagem no Hospital Naval e precisei da ajuda de amigos para estudar". 

O entusiamo com que Jorge varria o chão da paróquia do Morro da Conceição, após mais um dia da novena, chamava a atenção de todos que passavam pelo local. "Não tem trabalho mais nobre ou menos nobre. O que as pessoas menos querem fazer, é onde eu estou. Varrer o chão é uma delas", avalia.

O melhor ensinamento que esse voluntário poderia dar a qualquer cristão é lembrar que "quando a gente termina essa vida, não tem patente. Viemos para esse mundo para servir". 

Exemplo dado, lavrador Jorge!

A VOZ QUE ENCANTA O MORRO DA CONCEIÇÃO

Por Ana Paula Figueirêdo

É preciso raça e gogó para puxar uma procissão e essas características não faltam a Maria Eduarda Nascimento, uma das 500 pessoas que trabalham na Festa do Morro voluntariamente. 

A caminhada que abriu o 111° novenário de Nossa Senhora da Conceição do Morro, no domingo 29 de novembro, contou com o reforço da voz delicada e firme dessa jovem de 24 anos, mais conhecida como Duda.

A história dela com a paróquia começou cedo. "Eu frequento a igreja desde pequena, na época do padre Constante, que dava doces para as crianças e eu estava nesse meio", falou.

Daí, Duda foi cada dia mais sendo uma figura presente nas missas, influenciada pela companhia dos avós e do pai. Coroinha, chefe dos coroinhas, liturgia, grupo jovem EJC, ministério de música e recentemente foi denominada ministra extraordinária da comunhão da paróquia.
 
Dentre tantas atividades, ela destacou a preferida. "Gosto muito da música e de estar com o grupo jovem, porque eu pretendo mostrar que o jovem tem força. Como diz Padre Marcelo, a Igreja só será jovem quando o jovem for a Igreja", filosofa Duda. 

"Eu fico com vergonha quando me elogiam. Sou muito quieta, pé no chão. Dizem que minha voz é perfeita para o momento de adoração, de oração. Eu canto quando sou solicitada, mas acho que as pessoas são tocadas pela música através daquilo que elas querem ouvir", conclui.

Conhecida como a voz de anjo, Duda segue encantando o Morro da Conceição até o dia 08, dia de Nossa Senhora da Conceição. E você está convidado (a) a se encantar também. 

O BOM FILHO VOLTA A CASA DA MÃE NA FESTA DO MORRO 2015



O sexto dia do novenário em honra a Imaculada Conceição foi marcado por uma igreja lotada de fies e, em especial, um devoto de Nossa Senhora que retorna ao Morro da Conceição, agora como sacerdote.
 
Padre Daniel Gomes é vigário paroquial de Itapetim, da Diocese de Afogados da Ingazeira, Sertão Pernambucano, e concelebrou a Santa Missa junto ao Pároco do Morro, padre José Roberto França, numa cerimônia de muita emoção e reverência à imagem da Imaculada Conceição.

O Sacerdote foi ordenado em janeiro deste ano e vivenciou a comunidade do Morro durante três anos, em uma das experiências paroquiais, enquanto seminarista. Para o padre Daniel, “A experiência paroquial da Igreja do Morro foi bem interessante, algo inexplicável”.

No palco, músicas e declamações sertanejas encantaram o público presente. Os Poetas Violeiros e Declamadores de Viola, vindos também de Afogados da Ingazeira, com seus repentes e poesias, abrilhantaram ainda mais a Festa do Morro 2015.

EXÉRCITO BRASILEIRO SOBE O MORRO PARA RENDER GRAÇAS A IMACULADA CONCEIÇÃO

Centenas de militares subiram o Morro da Conceição, na zona norte do Recife, na manhã desta sexta-feira, 04, para agradecer mais um ano de graças alcançadas. Ao som do Hino à Guararapes eles entraram na igreja de Nossa Senhora da Conceição, em um lindo cortejo com cerca de mil homens e mulheres que servem a pátria brasileira.

A missa foi celebrada pelo Capelão do Comando Militar do Nordeste, Padre Ivan Medeiros. Em sua homilia ele enfatizou que todos são obras de Deus, criados por ele de forma distinta para uma missão. “A cada um de nós Deus deu dons e qualidades que precisamos usar a favor uns dos outros”, ele reforçou ainda que todos são convidados a caminhar junto com o próprio Deus e que fomos criados para viver em comunhão com o divino.

Todos os anos, soldados do exército brasileiro sobem a ladeira do Morro para homenagear Nossa Senhora da Conceição que é a padroeira dos militares e para agradecer as bênçãos de Deus à corporação.  

Fotos: Ana Valença




FÉ E EMOÇÃO MARCAM O QUINTO DIA DE FESTA DO MORRO DA CONCEIÇÃO



"Olhando para nossa senhora sentimos a misericórdia de Deus”. Foi assim que o Monsenhor  José Albérico, Vigário Episcopal de Olinda, começou sua homilia no quinto dia de Festa em homenagem a Nossa Senhora da Conceição. Durante a missa ele enfatizou o "sim" de Maria ao chamado de Deus. 
 
A missa solene estava repleta de fiéis que vieram aos pés da santa render graças a Virgem Imaculada, como Tereza Cristina, 44 anos, moradora do Morro da Conceição desde a infância. Devota de Nossa Senhora , ela sempre vai a igreja pedir e agradecer as graças alcançadas. “Nossa Senhora é a base de tudo, aqui me sinto muito bem”, declarou bastante emocionada.  


A programação cultura ficou por conta do forrozeiro Dudu do Acordeon, que tem uma relação muito forte com a Igreja Católica. Quando criança, aos oito anos de idade, ele acompanhava a avó no grupo de idosos Rosário de Maria,da Paróquia da Imbiribeira, e lá começou a tocar bateria para animar as reuniões.  Daí em diante, tomou gosto pela música e não a deixou mais. 

Atualmente, ele toca em mais de trinta eventos católicos durante todo o ano. Em sua primeira apresentação na Festa do Morro da Conceição, o cantor se diz emocionado em pisar no palco e levar a música dele ao povo de Deus. “É um privilégio através do meu trabalho levar alegria e a palavra de Deus ao povo. Não sou um artista católico, sou uma católico artista", concluí o artista.